Notícias

Pedir ajuda é o caminho do sucesso, mas tem um jeito certo pra pedir

25/11/2020   Fonte: Exame

Toda vez que você não pede ajuda no trabalho, você está dificultando sua vida -- e a sua carreira. Veja como pedir (e conseguir) ajuda

Pode parecer um grande clichê de conselho de carreira, mas é bem verdade que o maior obstáculo para o seu sucesso é você mesmo. No caso, toda vez que você não pede ajuda no trabalho, você está dificultando sua vida — e a sua carreira.

Com suas conexões e fazendo pedidos do jeito certo, você é mais capaz de acessar os recursos que precisa e se torna mais eficiente.

E é muito simples: quando você está super atarefado e não sabe fazer alguma coisa, ou não encontra uma informação, já pensou quanto tempo você economizaria se apenas procurasse ajuda?

No entanto, ele conta que a maior parte das pessoas não pede por ajuda quando mais precisa. O motivo principal é o medo de parecer fraco ou incompetente.

Na verdade, se você souber fazer um pedido do jeito certo, você parece ainda mais competente, não menos. É libertador entender isso e poder se empoderar para apenas… perguntar.

Confira a entrevista completa com o professor e escritor Wayne Baker:

- Como pedir ajuda é um caminho para o sucesso?

Todo mundo precisa de recursos para ter sucesso. Eles podem ser os seus conhecimento e habilidades, aquilo que você coloca no seu currículo. Ou podem ser um capital humano e social. A rede de contatos que você tem, sua network, formal ou informal. Você precisa dos dois para ser bem sucedido.

O social é importante, pois é impossível saber tudo. E sua rede pode ser inteligente. Com suas conexões e fazendo pedidos do jeito certo, você é mais capaz de acessar os recursos que precisa e se torna mais eficiente.

- E por que as pessoas não pedem ajuda?

Acho que são alguns fatores. O mais comum: preocupação e medo de parecer fraco e incompetente. Na verdade, se você souber fazer um pedido do jeito certo, você parece ainda mais competente, não menos. É libertador entender isso e poder se empoderar para apenas… perguntar.

Outro problema comum é assumir que ninguém pode ajudar com aquilo. Outro sentimento falso, você nunca sabe o que os outros sabem ou quem elas conhecem. E as pessoas fazem isso, se elas não sabem, elas acionam quem conhecem em sua rede para ajudar.

- E como esse comportamento afeta o ambiente de trabalho?

Muitos recursos que aceleram o trabalho só são encontrados se você souber perguntar. Se você não pede ajuda com informações, relatórios, referências ou suporte… você nunca consegue esses recursos. Nas organizações, são tantos recursos que acabam inutilizados. Em uma cultura positiva, onde todos são abertos a ajudar uns aos outros, os times são mais produtivos, eficientes e criativos.

- Então a culpa não é só das pessoas. É possível estimular isso em times ou na empresa?

Em falo de três níveis no meu livro: o indivíduo, o líder da equipe e a organização. Quando se fala em times, existem muitas ferramentas de gestão, mas a melhor coisa que o líder pode fazer é normalizar o hábito de perguntar. E tornar o ambiente seguro para as perguntas. Isso precisa ser recíproco e pode ser feito online. Não perguntar ou pedir ajuda pode se tornar uma norma no grupo se for punido de alguma forma ou alguem se sentir ignorado ao pedir por algo.

- O que o líder não deve fazer nunca?

“Você deveria saber isso”. Só essa frase congela todo o processo de segurança nos times. Você tem que reconhecer de forma positiva quando alguém faz um pedido. É útil para você e para todo o time. O líder precisa ser um modelo. Ele tem que pedir ajuda e reconhecer quando não sabe de algo. Ele é um modelo para comportamento de todos.

- E você falou na forma certa de fazer um pedido. Você tem dicas para pedir ajuda do jeito certo?

Eu escrevo de várias maneiras diferentes de fazer um pedido no livro. Antes de pedir, é importante parar e ser claro sobre seu objetivo e o que quer alcançar. Um começo para ter resultados rápidos é pensar no que você quer e articular como quer chegar lá.

Parte de pedir ajuda é ter uma narrativa boa, mas você não pode se perder em algo muito amplo. Tenha certeza do que quer e qual o recurso que precisa para isso. É algo bem aberto, que pode ser informação, dados, apoio político, patrocínio… Sabendo isso, você faz um pedido na fórmula “SMART”. A sigla (em inglês) significa que um pedido precisa ser: específico, ter uma razão, exigir uma ação, ser realista e ter um prazo.

Algumas vezes, as pessoas não sabem o que querem pedir. Mas, entre os pontos da sigla, os maiores erros estão na razão e tempo. As pessoas esquecem de dar um prazo para seus pedidos e de explicar sua motivação. Assim, mesmo pedindo, não conseguem ajuda.



Outras notícias