Notícias

Como as emoções impactam no seu plano de carreira?

13/05/2019   Fonte CIO

Saber lidar com os sentimentos e apostar no desenvolvimento da inteligência emocional é imprescindível para o crescimento profissional

Alegria, medo, raiva, tristeza, as emoções estão presentes na rotina de todos e afetam diretamente a rotina e a forma como os indivíduos se comportam diante das mais diversas situações, no âmbito pessoal e profissional.

Por isso, cada vez mais, a inteligência emocional é fator determinante para a implementação de um plano de carreira de sucesso. O termo faz referência a capacidade de identificar e lidar com o lado emocional em qualquer tipo de situação, principalmente, as adversas.

O objetivo é manter o equilíbrio entre as emoções e as ações, ainda mais no âmbito corporativo, onde o profissional lidará com diversos cenários e aspectos, que englobam desde as próprias atitudes, até as ações da equipe de trabalho.

O controle das emoções abrange, essencialmente, o olhar para si mesmo. “É um exercício de autoconhecimento, que envolve a compreensão dos próprios sentimentos, da reação que eles causam, e de como lidar, de forma saudável, com as emoções levando em consideração a si mesmo e as pessoas ao seu redor”, explica a Coach fundadora da Viva Desenvolvimento Humano, Marcia Ramires.

Com o aperfeiçoamento da inteligência emocional, o indivíduo estará preparado para encarar situações de estresse, pressão, aumento do nível de cobrança, entre outros desafios que envolvem o crescimento profissional.

“O indivíduo passará a utilizar o autoconhecimento como uma ferramenta propulsora para o desenvolvimento da carreira. Para isso, é necessário que ele esteja disposto a realizar uma autoanálise. O foco é utilizar as emoções como aliadas, para o autocontrole e automotivação”, conta Marcia.

Utilizar as emoções, mesmo as que parecem negativas, em prol do crescimento profissional traz uma série de benefícios, entre eles, controle dos impulsos, maior empatia, melhoras no relacionamento interpessoal, e até mesmo aumento na produtividade, pois quando você sabe lidar com as emoções, você gera assertividade em seus comportamentos.

“As emoções têm influência direta no bem-estar. Quando são canalizadas da forma correta auxilia na ativação de suas potencialidades, pois permitem o raciocino claro para uma tomada de decisão assertivas, o que é importantíssimo no ambiente corporativo” finaliza Márcia.



Outras notícias