Notícias

Qual é o papel do líder no desenvolvimento das organizações?

31/01/2020   Fonte: CIO

Estabelecer uma relação de proximidade com a equipe, desenvolver um planejamento efetivo e traçar estratégias de inovação são fatores determinantes

Não há dúvidas de que líderes inspiradores incentivam o aperfeiçoamento de seus liderados. Visto que esses profissionais são responsáveis por elevar o elo entre os demais colaboradores e os objetivos da empresa, nesta função, os executivos de liderança precisam lidar diariamente com situações, impulsionando o desenvolvimento e a sustentabilidade da organização.

Para exercer tal tarefa de forma efetiva, entre os principais desafios atuais nos quais os cargos de liderança precisa desempenhar, vale citar o comprometimento em manter o time engajado, a construção de um bom planejamento – organizando de forma eficiente seu tempo e os principais objetivos – e estabelecer uma visão de futuro, em que o profissional precisa estar atento às tendências que movimentam o universo corporativo ano após anos – sejam elas operacionais ou de gestão.

Diante deste contexto, como superar esses desafios, traçando estratégias assertivas em prol do negócio? Neste artigo, buscarei responder esta questão.

- A importância de engajar o time:

Diante da enorme competitividade do mercado atual, se tornar produtivo nunca foi tão importante para as empresas. Nesse sentido, além de buscar por investimentos em equipamentos e infraestrutura, os gestores têm como missão engajar seus colaboradores, visto que, sem um time realmente comprometido com os resultados da organização, ela não consegue se tornar mais produtiva em relação às demandas do mercado. Para tanto, talvez a maneira mais efetiva neste processo seja desenvolver uma relação de identidade e aproximação, conciliando os valores e objetivos da companhia com os das suas equipes. Isso, certamente impulsionará maior desempenho e energia na realização das atividades cotidianas, de modo que os profissionais encararão os desafios de forma mais positiva, alcançando um patamar de excelência e motivação.

- A construção de um planejamento efetivo:

Alinhado ao engajamento de toda a equipe, é papel do líder desenvolver práticas estratégicas que possam impulsionar o crescimento empresarial. Nesse sentido, traçar uma relação dos principais objetivos da empresa é de extrema importância. Quem é seu público e como alcançá-lo? Qual é a missão, visão, valor e propósito da instituição?

É importante, ainda, ter metas claras. Para tanto, repensar todos os processos da empresa, sempre atento aos resultados, é indispensável. O que tem sido assertivo e o que pode ser aperfeiçoado na entrega de produtos e/ou serviços, por exemplo? Todas essas questões devem ser estruturadas e analisadas pelo gestor, para que todo o time consiga, por fim, desenvolver uma atuação de acordo com as demandas do mercado.

- O papel da tecnologia para estratégias futuras:

A implantação de tecnologias disruptivas tem transformado todo o contexto empresarial. Diante deste cenário, em um ecossistema extremamente competitivo, além da implementação de soluções tecnológicas e inovadoras capazes de automatizar processos, é preciso investir em tecnologia e montar uma equipe focada em inovação. Afinal, são as pessoas que impulsionarão qualquer mudança.

Além disso, é importante que os líderes tenham conhecimento de todas as tecnologias implantadas dentro da empresa, atuando de forma ativa diante de todas as transformações tecnológicas. Nesse sentido, vale a pena aprender e acompanhar as tendências digitais, suas implicações para os negócios e, principalmente, como aproveitar todas as soluções em prol da companhia.

Para finalizar, é essencial entendermos que toda empresa necessita de uma boa gestão e liderança. Afinal, não basta apenas cobrar resultados, é preciso desenvolver a capacidade de manter uma performance consistente, energia, foco e direcionamento para ser bem-sucedido!



Outras notícias